quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Cuidados com o corpo a luz da Bíblia

Viemos de uma cultura que teme o envelhecimento e valoriza a vitalidade e a beleza dos jovens. É possível conciliar estética com espírito? A estética é muito importante enquanto for vista como forma de melhorar a auto-estima e sentir-se confortável com o corpo que tem.
           Aprendemos na Bíblia que Deus é belo e o ser humano também é belo porque foi feito à imagem e semelhança de Deus. O homem é um ser que reflete e espelha Deus. (Gn 1:26-27).
          Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma “(1 Co 6: 12). Independente da moda vigente, nós cristão que somos, precisamos nos preocupar com nossa apresentação diante do mundo, não por  vaidade e não com o intuito de "forçar” um status ou exibicionismo gratuito. Tudo feito de maneira equilibrada”.
           Devemos cuidar de nosso corpo, de maneira geral: externa e internamente, tal como alguém que dará conta dele diante de Deus. Somos apenas mordomos que zelam pelo templo do Seu Espírito.    Segundo o apóstolo Paulo em  I Cor. 6: 19, 20 : Ou não sabeis que o nosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos ? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai pois a Deus no vosso corpo e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus".
           Aqueles que são bons zeladores do "templo do Espírito"  edificarão vidas através do seu testemunho pessoal. Sem discursos ou palavras, mas com "vida cheia de vida".  Somos arquitetos que Deus usa para edificar vidas!
           Vemos também em (1 Ts 5:23) : E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso corpo, alma e espírito sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo” Isto significa que daremos conta a Ele de nosso ser como um todo. Nosso corpo também deverá estar bem cuidado tanto na dimensão da saúde como na dimensão da estética, demonstrando, assim, nossa obediência à Sua Palavra.
            O equívoco é quando passamos a divinizar e idolatrar o nosso corpo e tratar dele como se fosse a razão de ser da nossa vida, subjugando ou prejudicando a si e outras pessoas, ou em subtrair daquilo que deveria ser reservado ao Senhor.      
            Cuidar de si mesmo com equilíbrio e compaixão não é pecado, muito pelo contrário. Uma boa alimentação, exercitar o corpo pelo menos com uma caminhada 30 minutos 3 vezes por semana, visitar uma esteticista para uma avaliação de sua pele, usar filtro solar, ter higiene apropriada com seu corpo, são cuidados que não oneram nenhum orçamento e qualquer pessoa, independente da situação financeira tem acesso atualmente. Manter uma disposição alegre e feliz. “O coração bem disposto é remédio eficiente” (Provérbios 17:22). “Porque ele é tal quais são os seus pensamentos” (Provérbios 23:7). Muitas doenças de que sofrem as pessoas são resultados de depressão mental. Uma alegre e feliz disposição dá saúde e prolonga a vida.
            O que devemos ter em mente é que tudo o que fazemos reflete em nosso espírito, e conseqüentemente, em nosso caminho para a perfeição, a salvação. Se nos preocupamos demasiadamente com nosso corpo e esquecermos nosso espírito, logo, a passos largos, distanciaremos nosso espírito de Deus. Ao contrário, se cuidarmos de nosso corpo tanto quanto cuidamos do nosso espírito, então nos aproximaremos de Deus. E como fazer isso? Usando a moral, o bom senso e os bons costumes, até mesmo para não cairmos em outro extremo, que é o puritanismo.
            O cristianismo e praticamente todas as religiões ensinam que devemos cuidar da nossa saúde e bem estar, edificando a natureza. Somos partes do meio-ambiente, portanto cuidando de nós mesmos também estamos cuidando do nosso entorno.
            Agradeçamos a Deus diariamente esta máquina perfeita e maravilhosa que é nosso corpo, mais preciosa do que qualquer máquina que a tecnologia humana já tenha criado. E, em agradecimento,  cuidemos deste corpo, de forma a termos saúde física e mental através da nossa auto-estima, para atingir nossos objetivos pessoais, espirituais e para vivermos mais tempo e com mais energia e alegria  para a honra e glória do Nosso Senhor Jesus Cristo.



2 comentários:

  1. Olá, Vera!
    Escreva mais! Acredito que devemos trazer a Palavra de Deus ao dia-a-dia de nossos leitores. Nesse texto você foi muito feliz nesse sentido.
    Um abraço
    Dicesar K.

    ResponderExcluir
  2. Graça e paz Vera concordo gostei do seu artigo, existe hoje muitos irmãos que apesar de suas qualidades se deixaram vencer pelo mundo, exatamente por não cuidarem de seus corpos, preservando-os através de uma vida voltada e separada para Deus, que Deus te abençoe.

    ResponderExcluir